UMA CASA COM TODOS

“Uma Casa Com Todos” é um projecto do Agrupamento de Escolas de Marrazes em colaboração com o colectivo Til, que procura na construção participada um espaço para a pedagogia artística transdisciplinar.

Desafiados pela pergunta “o que pode ser uma casa que inclua todos”, desenvolvemos a estratégia de propor e construir pequenas estruturas pavilhonares em várias escolas.  Estas estruturas serão implantadas nos pátios das escolas do agrupamento ao longo do ano e ativadas pela comunidade escolar.

Colectivo Til_Uma Casa Para Todos.png

De turma em turma, procurámos transformar cada sala de aula numa pequena oficina de trabalhos manuais, em que desafiamos os alunos a imaginar num alçado o que poderia ser a casa, mas também a criar a cobertura desta através da transformação de pacotes de leite em telhas.

O colectivo criou 4 exercícios participativos que propõem à comunidade escolar apropriar-se do processo e fazerem da casa sua.  O objectivo foi criar um processo de partilha, reconhecimento do outro, com base na manipulação sustentável e consciente de formas e materiais.

IMG_20220201_102812_edited.jpg
QSUC9592.JPG

A “casa” em si é construída durante uma semana no pátio da escola e torna-se uma oportunidade para todos puderem acompanhar e participar no seu desenvolvimento. Dada a escala e natureza do projeto, a sua concepção teve por base uma solução de projeto e construção de fácil produção, montagem e re-uso.

Procurou-se que a "casa", uma vez terminada, se torne um objeto acarinhado por todos e, enquanto estrutura aberta, possa ser transformada e ganhar múltiplas disposições para diferentes usos, decorações e eventos ao longo dos anos.

Uma vez tendo a casa construída falta apenas o exercício do concurso para a tabuleta: um convite a todos os alunos a sugerir desenhos que representem a “Casa Com Todos” e a eleger democraticamente o que irá ser instalado na casa.

Tipo de projecto: Comunidade e Arte.

Local: Escolas do Agrupamento de Escolas de Marrazes, Leiria.

Data: 2021-2022

Duração: 1 ano

Promotor: Agrupamento de Escolas de Marrazes, plano Nacional das Artes, Festival A Porta.

Narrativa original e mediação: Gui Garrido, Patrícia Martins

Conceito e ideia de exercício: Colectivo Til

Desenho/Construção: Colectivo Til

Fotografia: Colectivo Til

Gestão financeira: Joana Cardoso

Apoios: Município de Leiria, Plano Nacional das Artes, Festival A Porta, Somapil - Sociedade de Madeiras de Pinho, Lda.